O cor de rosa invadiu as lojas (e eu não me importo)


Nada, mas nada mesmo. Que venham as camisolas, os vestidos, as saias, os casacos, os ténis e tudo o que é possível nesta cor. Sejam todos muito bem-vindos.



Eu que sou a menina dos brancos, dos castanhos e dos pretos, estou a usar cor de rosa? Pois, é mesmo verdade. Adoro cor de rosa e na decoração do meu quarto é uma das principais cores de destaque. Porém, no que diz respeito a roupa já há muito tempo que andava a dar-lhe com os pés.


E o que é que as marcas decidiram fazer? Mandar-me à cara que estava errada e que não sabia o que andava a perder. Vá, elas nem sabem que eu existo. Mas este pode ser um bom motivo para irmos comprar uma ou outra peça — como são todos, para dizer a verdade.


Acho que já não usava esta cor desde a altura da escola básica. Provavelmente, foi numa daquelas fases tontas em que queremos ser muito crescidas e o cor de rosa não entra nesses planos.


Agora, seja uma peça em rosa cru, rosa bebé ou rosa choque, os meus olhos brilham automaticamente. Sim, é capaz de ser uma doença qualquer. Aliás, aceitam-se medicamentos para isto (tipo, sair o euro milhões?).


Pronto, e foi isso que aconteceu. O ano passado comecei discretamente por comprar o bomber jacket da fotografia acima. Durante esta semana, foi a vez dos ténis e até comprei uma camisa. Sim pessoal, cor de rosa. E sim, uns ténis (e são l-i-n-d-o-s).


O pior é que acho que esta (boa) praga do rosa não vai ficar por aqui. Na minha pink wishlist também já incluí uma saia e várias sweats.


Espreitem na galeria abaixo algumas das minhas peças de eleição.



Também vais querer ler isto

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey YouTube Icon

© 2017 by A Miúda Tem Lata​