Reagi aos brinquedos da minha infância


A barbie pirata, a barbie cozinheira, a barbie ciclista e... mais umas mil. Não podia faltar o meu pato favorito, o eterno Game Boy e até a Polly Pocket. Vejam as minhas reações no novo vídeo do canal.


Sempre adorei o Dia da Criança: era sinónimo de doces, de passeios, de insufláveis e de muita, muita brincadeira. E sim, sempre fui a típica menina. Barbies e nenucos nunca faltavam em todos os aniversários e natais. Mais: ai de quem fizesse mal aos bonecos.


Passava horas e horas a pentear as bonecas, a fazer apanhados, a trocar-lhes as roupas. Sim, também haviam muitos peluches, mas mesmo muitos. O Game Boy criava guerras entre mim e o meu irmão para ver quem ganhava mais jogos e quando dizíamos "só mais uma vida, e mais uma, e mais uma", lá vinha a discussão.


Mas uma coisa era certa: era tão feliz. Não existiam preocupações, problemas e era tudo bem mais simples. Para recordar esse tempo, resolvi ir buscar as caixas com os meus brinquedos e reagir aos meus favoritos.


Assistam ao novo vídeo d' A Miúda e contem-me qual era o vosso brinquedo favorito. E não se esqueçam de subscrever o canal.


Também vais querer ler isto