Apanhei a minha avó no Dia das Mentiras


Não sabe ler nem escrever, mas é uma das pessoas mais perspicaz que conheço (e querida também). Para a apanhar no dia 1 de abril, fiz-lhe perguntas sobre as tendências dos dias de hoje.



Atualmente, há novas modas todos os dias — ou é pintar o cabelo de azul e roxo, ter unhas pontiagudas de cinco centímetros e até já há quem deixe crescer o pelo das axilas e o pinte de verde ou vermelho. Enfim, há para todos os gostos. Não, não tenho nada contra isso. No entanto, para uma pessoa de 80 anos, provavelmente, há coisas que nem devem imaginar que existem.


A minha avó não teve nenhum ataque de coração com algumas das coisas que descobriu, mas lá que ficou intrigada ficou. E eu? Eu fartei-me de rir. É mais um momento para guardar com a pessoa mais querida que conheço, mas desta vez partilho-o com os melhores leitores de sempre.


Assistam ao novo vídeo d' A Miúda e não se esqueçam de subscrever o canal.



Também vais querer ler isto