Testei 4 champôs secos — e fiquei surpreendida


Lavar o cabelo todos os dias não é a melhor ideia para quem quer ter um cabelo saudável. E foi por isso que me rendi à moda dos champôs secos. Mas qual será a melhor opção?



Sim, é isso que estás a pensar: é um produto que serve de alternativa naqueles dias em que não podes ou não queres lavar o cabelo, mantendo-o com um aspeto saudável. No meu caso, passados dois dias após lavar, a oleosidade já se faz notar e o champô seco foi o melhor que podia ter utilizado.


E desenganem-se se pensam que isto é complicado, muito pelo contrário. Basta dividir o cabelo em partes de forma a conseguir aplicar o champô seco perto da raiz, a cerca de 20 centímetros de distância do cabelo. Basicamente, é só borrifar, deixar atuar durante alguns minutos e depois, então, escovar um pouco o cabelo, uma vez que se fica com um pó branco.


Mas atenção: isto não substitui as lavagens nem convém utilizá-lo durante muitas vezes por semana. Ainda assim, uma coisa é certa: dá imenso jeito.


Só precisam de ter cuidado para não passarem demasiado as mãos pelo cabelo. Porquê? Porque lhe vão devolver a oleosidade.


Embora existam champôs secos de várias marcas, optei por experimentar aqueles que estão à venda nos supermercados. Resultado: trouxe quatro para casa — e fiquei surpreendida.


Mas antes de passarmos a isso, vou anunciar quem foi o grande vencedor do sorteio de regresso às aulas d' A Miúda. Preparados? Foi... A Laura Ramos! Muitos parabéns. Em breve, entrarei em contacto contigo via e-mail. Se a vencedora não responder dentro de duas semanas, farei novamente o processo de nomear aleatoriamente outra pessoa. Quem não ganhou não fique triste, vêm aí mais passatempos.


Agora sim, vejam o novo vídeo do canal.


Também vais querer ler isto